ASSISTA: Advertido sobre o não uso de máscara, advogado José Mariz agride fisicamente o síndico do prédio onde mora

O advogado José Mariz mora no Edifício Príncipe de Borgonha, no Manaíra, e já foi alvo de várias multas, algumas delas porque não usa máscara na área comum do condomínio nem nos elevadores.

Na última quinta-feira mais uma vez foi chamado a atenção pelo síndico do prédio, Geraldo Barros, um senhor de idade, e foi agredido fisicamente por Mariz que lhe provocou várias escoriações

Disse um morador do edifício que o advogado Mariz é totalmente rebelde no tocante ao cumprimento das regras do condomínio e que já agrediu várias vezes verbalmente o síndico, e também que o condomínio lhe vem aplicando multa por mau comportamento e pelo não uso de máscara. Ainda delatou que Mariz sequer vem pagando a taxa condominial desde janeiro deste ano.

O cume da agressão se realizou conforme mostram os vídeos porque o síndico reclamou dele o não uso da máscara no elevador. O síndico já fez o exame de corpo de delito e disse que adotará providências criminais.

Confira:

Continue Lendo

Wilson Belchior, o verdadeiro candidato a presidente da OAB-PB na chapa de Kiu

Repercute mal na advocacia paraibana a influência do advogado milionário Wilson Belchior na candidatura de Kiu à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB). Os comentários nos bastidores são de que Kiu não tem nenhum domínio nas ações da campanha e que em caso de vitória o presidente de fato da OAB-PB seria Belchior.

A sinalização clara de que Kiu não tem nenhum comando de sua candidatura ficou evidente na formação de sua chapa, pois a “candidata” que se diz grande defensora da causa feminina não colocou nenhuma mulher na sua Diretoria. Pelo contrário, acolhe em sua chapa vários advogados, atuais conselheiros da OAB, que votaram contra a proposta de paridade de gênero nas eleições da OAB.

Vários integrantes da chapa de Kiu são contra a paridade, a exemplo de Odon Bezerra Filho, candidato a secretário-geral (filho do Vereador Odon Bezerra, que também votou contra a paridade no Conselho Federal), Leandro Carvalho, candidato a tesoureiro; e próprio Wilson Belchior, candidato à titularidade do conselho Federal.

Aliás, o protagonismo de Wilson Belchior, que é o idealizador e fiador da campanha de Kiu, foi criticado no início da campanha pelo hoje “aliado” Odon Bezerra. À época Odon insinuava que “alguns (possivelmente Belchior) se vestiam de aspirações individualistas e apenas por amor ao poder”.

Curiosamente, Odon que era ferrenho defensor da candidatura do advogado e professor Harrison Targino, a quem considerava como o melhor para OAB-PB, mudou repentinamente de opinião. Será que o nobre vereador foi seduzido pelos “argumentos” financeiros de Belchior?

Voltando a Belchior, o advogado é cearense de nascimento e conquistou seu espaço na advocacia paraibana, atuando ao lado de seu sócio Caio Rocha, filho do ex-ministro do STJ, César Asfor Rocha. O escritório de Wilson cresceu muito na Paraíba em razão do seu empreendedorismo.

Sem seu estímulo e o impulso financeiro, Kiu não teria sequer iniciado a campanha. Infelizmente, em caso da vitória de uma mulher, quem comandará a OAB-PB será um homem.

Continue Lendo

Vereadores de Santa Rita aprovam verba indenizatória e poderão ser ressarcidos em até R$ 4,2 mil por mês com dinheiro público

Foi aprovada, nesta quinta-feira (11), pela Câmara Municipal de Santa Rita a Verba Indenizatória de Atividade Parlamentar (VIAP). Isso quer dizer que, a partir de agora, os vereadores poderão solicitar o ressarcimento de despesas vinculadas ao exercício do mandato.

Segundo a resolução, o valor máximo a ser devolvido deve corresponder a 1/3 do subsídio destinado ao vereador, que é de quase R$ 12.700,00. Com a aprovação, a VIAP passaria a mais R$ 4,2 mil.

O projeto estabelece o reembolso dos parlamentares de Santa Rita, com o dinheiro público, quando no exercício da atividade parlamentar a exemplo de: aluguel de imóveis e utensílios utilizados exclusivamente como escritório de apoio, locomoção, combustíveis e lubrificantes, contratação de assessoria, realização de eventos, dentre outros.

O projeto foi aprovado por 11 votos a 7.

Continue Lendo

PF cumpre mandados de prisão em JP e Natal e desarticula quadrilha especializada em roubar carga de cigarros

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 11/11, a fase ostensiva da Operação Barba Negra, objetivando desarticular organização criminosa que atua roubando cargas de cigarros contrabandeados e revendendo-as no mercado potiguar.

Cerca de 25 policiais federais e uma equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar do RN, estão cumprindo 3 mandados de prisão preventiva, 5 mandados de busca e apreensão, além de 3 mandados cautelares diversas da prisão preventiva, expedidos pela Justiça Federal/RN, nas cidades de Natal/RN e João Pessoa/PB.

A investigação, que contou com o apoio da Força Tarefa do Ministério da Justiça (FT NUDEM – SEOPI) sediada na Delegacia da PF em Mossoró/RN, teve início por ocasião da prisão de um policial penal do estado do Ceará em 05/07/2020, na cidade de Assu/RN, ocasião em que o homem foi flagrado roubando 8 caixas de cigarros contrabandeados da residência de um comerciante local.

No curso da investigação, verificou-se que o agente penal acusado, se dedicava intensamente ao comércio de cigarros contrabandeados, além de outros ilícitos graves, como roubos de entorpecentes e armas.

A organização criminosa contava ainda com o apoio de um sargento da Polícia Militar do RN, um ex-funcionário da Prefeitura de Parnamirim/RN, um comerciante do bairro do Alecrim e de outros acusados, alguns inclusive, com passagens anteriores pelo sistema penitenciário.

O nome da operação faz alusão ao modus operandi da Orcrim, que atuava como verdadeiros piratas, roubando cargas de cigarros contrabandeados, além de armas e entorpecentes de outros criminosos.

Continue Lendo

AGORA É LEI: alunos paraibanos terão bonificação de 10% na nota do Enem

O governador do Estado da Paraíba, João Azevêdo, sancionou a Lei 12.122/2021, que assegura aos alunos egressos da rede pública e privada de ensino do Estado da Paraíba a bonificação de 10% na nota do candidato obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como processo de avaliação, para ingresso na Universidade Estadual da Paraíba – UEPB. A proposta da lei é de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, e a sugestão também foi aceita pela Universidade Federal da Paraíba que, através do Conselho de Ensino Superior da UFPB, implantou o mesmo benefício para a seleção de alunos da instituição. A nova lei foi publica nesta quarta-feira no Diário Oficial do Estado.

Segundo o texto da Lei, terão direito ao benefício os alunos que tenham cursado todo o ensino médio em instituições da Paraíba e que residam no Estado. Para isso, o candidato à vaga deverá apresentar a documentação exigida pela universidade para comprovação dos requisitos e, assim, gozar da bonificação.

Ao justificar a propositura, o deputado Adriano Galdino observou que as instituições de ensino superior são consideradas meios de promoção do desenvolvimento do local em que se situam. O parlamentar observou ainda que a livre competição pelo ingresso nas instituições permite que estudantes de outras regiões ou Estados tenham acesso às vagas em detrimento dos que fazem parte da comunidade ou do local em que a instituição se situa. Daí a necessidade de se estabelecer medidas para compatibilizar a universalidade no processo de competição pelo acesso à formação superior com a função de as instituições de ensino serem meios de promoção do desenvolvimento do local e das pessoas residentes onde estão situadas.

“Tem-se a intenção de que os estudantes da localidade possam adquirir a formação específica e, ao menos parte deles, permaneça desempenhado as suas funções na região ou no Estado em que a instituição se situa, tornando as instituições mecanismo importante de transformação individual e social”, ressaltou.

Continue Lendo

Defesa de Ruan entra com pedido de HC e alega que empresário foragido é réu primário e está sendo ameaçado de morte

A defesa do empresário Ruan Ferreira de Oliveira, que atropelou e matou o motoboy Kelton na madrugada do dia 11 de setembro, em um cruzamento do Retão de Manaíra, entrou com um pedido de Habeas Corpus junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Ruan teve a prisão preventiva decretada e está foragido.

A defesa de Ruan alega que o suspeito de homicídio qualificado esteve envolvido apenas em um acidente de trânsito e que a ideia de que ele seria um indivíduo de alta periculosidade não se sustenta pois ele seria réu primário e nunca teria respondido a nenhum processo criminal.

Além disso, a defesa culpa a imprensa, a que chama de “enojantes tabloides”, por uma cobertura midiática que estaria colocando em risco a vida de Ruan e seus familiares.

Ruan não é visto desde o dia do acidente, quando postou, horas antes, stories ingerindo bebidas alcóolicas. Ele não prestou socorro à vítima e fugiu do local. Ele conduzia o seu veículo a 163 km/h e ignorou o semáforo que lhe mostrava a luz vermelha.

Confira:

HC 0820352-28.2021.8.15.2002 (1)

Continue Lendo

DINHEIRO ANTECIPADO: Limpmax beneficia seus colaboradores e paga o Décimo Terceiro Salário de forma integral

A empresa de Limpeza Urbana, Limpmax Construções e Serviços Ltda, antecipou o Décimo Terceiro Salário e pagou aos seus colaboradores de forma integral no dia 08 deste mês, respeitando a proporcionalidade das quantias de cada colaborador, conforme previsto na legislação trabalhista.

De acordo com o documento que o Polêmica Paraíba teve acesso, a empresa irá beneficiar 270 colaboradores diretos que atuam operacionalmente e administrativamente na linha de frente da coleta de Resíduos Urbanos, bem
como na prestação de serviço de locação de equipamentos, distribuídos nos Municípios de: Alhandra, Conde (sede administrativa), Caaporã, São José de Piranhas, Bayeux e Campina Grande.

O valor total pago pela Limpmax será de aproximadamente R$ 400 mil reais, contribuindo com o fomento do comércio regional e aliviando os impactos econômicos decorrentes da alta dos alimentos e demais insumos.

Continue Lendo