Notícias

Neto de Niemeyer palestra na CMJP e enaltece Estação Cabo Branco: “Está no roteiro das grandes obras de Niemeyer”

Na manhã desta sexta-feira (18), o plenário da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) foi palco de uma palestra com o arquiteto e urbanista Paulo Sérgio Niemeyer, presidente do Instituto Oscar Niemeyer. A palestra foi proposta pelo vereador Milanez Neto (PTB).

O palestrante é bisneto do renomado arquiteto brasileiro, expoente internacional, que projetou a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. A obra, inaugurada em João Pessoa em 2008, foi uma das últimas grandes idealizações de Oscar Niemeyer. Autoridades municipais, professores, alunos e profissionais da área de arquitetura e urbanismo lotaram as dependências da Câmara.

O evento foi conduzido pelo presidente da Câmara, vereador Marcos Vinícius (PSDB), e secretariado pelo vereador Eduardo Carneiro (PRTB). Também compuseram mesa de trabalho o cônsul da Espanha, Jesus Zapata; a diretora geral da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, Marianne Góes Galdino; e a secretária municipal de Planejamento, Daniela Almeida Bandeira.

Ainda prestigiaram a apresentação os vereadores Bosquinho (PSC), Bispo José Luiz (PRB), Helena Holanda (PP) e Marcos Henriques (PT), além da vereadora licenciada, deputada estadual Eliza Virgínia (PSDB).

O propositor da apresentação agradeceu o respeito e a admiração que o palestrante dispensa a Capital paraibana e a Paraíba, como um todo. “É uma satisfação ouvir sobre a história de Oscar Niemeyer, referência mundial na arquitetura que deixou seus traços marcantes na construção da Estação Cabo Branco”, destacou.

A palestra

Paulo Niemeyer disse que Oscar Niemeyer foi um cidadão do mundo e aprendizado obrigatório nas escolas de Arquitetura do mundo inteiro, criando obras fantásticas em todo mundo, inclusive projetou a Estação Cabo Branco no ponto mais extremo do país.

Com a construção da Estação Cabo Branco, João Pessoa ganhou um espaço que aparece na lista das grandes obras desse expoente internacional do urbanismo”, falou. Para ele, o ‘Polo do Cabo Branco’ estará no roteiro das grandes obras de Oscar Niemeyer

Tive oportunidade de conviver e trabalhar com Oscar e pude observar que ele era um grande humanista que pensou Brasília com a finalidade de desenvolver toda aquela região. Brasília é a ‘Meca’ da arquitetura moderna. Oscar influencia a arquitetura em todo o mundo e deixou um grande legado. Podem gostar ou não, mas ninguém pode negar que nada foi visto antes das obras de Niemeyer”, falou.

O palestrante destacou que seu bisavô projetou o prédio da Organização das Nações Unidas (ONU) e revolucionou a Arquitetura e o urbanismo com pilotis, pavimentos livres e tarraços jardins.

O arquiteto ainda elogiou a orla da Capital paraibana por não existirem grandes espigões tendo preservado a circulação de ar na região. Para ele a cidade serve de exemplo para mundo em relação a qualidade de vida.

A maestrina do Coral Antônio Leite da CMJP, Socorro Estrela, e o preparador vocal e solista, Paulo Brasil, o Paulão, marcaram o evento com a execução do Hino Nacional e da canção “Ponta do Seixas”, da compositora paraibana Kátia de França.

You Might Also Like